JORNAL IMPACTO - 06-03-2020

(IMPACTO) #1
IMPACTO CIDADESCADERNO I
Sexta-feira
6 de março de 2020 WWW.IMPACTONOTICIAS.COM.BR 9

Microrregião soma mais

de 2 mil casos de dengue

DA
REDAÇÃO
GRUPO IMPACTO

Os casos de dengue avançam
na microrregião de Adamantina.
Em levantamento realizado pelo
IMPACTO nesta quinta-feira (5),
já são mais de 2 mil registros da
doença em Adamantina, Osvaldo
Cruz, Parapuã e Rinópolis, deixan-
do toda a comunidade regional
em alerta.
Para conter a proliferação do
mosquito Aedes aegypti, as cidades
adotam diversas medidas, que vão
desde mutirões de limpeza até a
plantação de Crotalária em praças
públicas – planta conhecida como
‘anti-dengue’, sendo a população a
principal aliada neste momento.
Na última semana, a Vigilân-
cia Epidemiológica de Paulicélia

confirmou a primeira morte por
dengue no Município, o que deixa
toda a Alta Paulista em estado de
atenção. A vítima, de 82 anos, teve
a doença confirmada como uma
das causas de sua morte.
Em Adamantina, a Prefeitura
confirmou 591 casos suspeitos e
242 positivos. Já em balanço da
Vigilância Epidemiológica de Os-
valdo Cruz são 400 registros positi-
vos, 208 negativos e 204 aguardam
exames.
Já em Parapuã são 784 casos
positivos da doença até esta quinta-
-feira. A coordenadora da Vigilân-
cia Epidemiológica, Cristina Pe-
reira da Silva, explicou que houve
mudança na metodologia para
confirmação dos casos, ocorrendo
um aumento significativo.
“Desde o último dia 10, todos
os casos notificados foram con-
siderados positivos para clínico

e epidemiológico. Aos casos se
concentraram nos primeiros dois
meses do ano, havendo uma di-
minuição agora em março”, relata.
A diretora de saúde Jocilandra
Yamasaki também utilizou a mes-
ma justificativa para o crescimento
dos registros. Segundo ela, os casos
notificados são considerados po-
sitivos, pois há febre e mais dois
sintomas característicos da dengue.
Devido a nossa sistemática, já
que o Adolfo Lutz não realiza mais
o exame, as 460 notificações de ja-
neiro e as 122 em fevereiro foram
consideradas positivas. “A Prefeitu-
ra realizou 13 exames particulares
por se tratarem de crianças e ido-
sos, que correm mais riscos com a
dengue”, explica Jocilandra.
Em Lucélia – que no início do
ano apresentava pior situação na
microrregião – parou de divulgar
o número de casos positivos.

Unidade móvel


realiza exame


Papanicolau


neste sábado


RINÓPOLIS


Neste sábado (7), a unida-
de móvel da AAPC (Associa-
ção de Apoio ao Portador do
Câncer) estará em Rinópolis
para realizar exames pre-
ventivos de câncer uterino


  • popularmente conhecido
    como Papanicolau. A ação
    será em frente ao Posto de
    Saúde do Município, das
    9h30 às 15h30.
    As pacientes que preten-
    dem fazer o exame devem le-
    var o cartão do SUS (Sistema
    Único de Saúde).
    O objetivo desta ação
    de saúde, de acordo com a
    diretora de saúde Jocilandra
    Yamasaki, é alcançar cada vez
    mais mulheres que não rea-
    lizam o exame, ou seja, não
    vão ao posto de saúde muitas
    vezes por constrangimento,
    devido a forma que o exame
    é realizado.
    A principal importân-
    cia do exame Papanicolau,
    segundo a diretora, é diag-
    nosticar o câncer de colo
    uterino precocemente, já
    que isso aumenta a possibi-
    lidade de cura. “O principal


intuito do exame é diagnos-
ticar o câncer uterino, mas
podemos identificar outras
DSTs (Doenças Sexualmente
Transmissíveis) e bactérias”,
explica Jocilandra.
A enfermeira relata que
há uma variação na incidên-
cia do câncer de útero, ou
seja, desde 27 anos até os 50
anos. “Antigamente tínha-
mos a partir de 40 e 50 anos,
hoje, mulheres de 27 podem
ter o HPV (Papilomavírus
Humano), que é o propulsor
do câncer. A relação sexu-
al está acontecendo muito
cedo, então se contrai muito
cedo também. Muitos casos
demoram 10 anos para de-
senvolver, em outros o câncer
aparece muito cedo, pois já
tivemos casos de mulheres
de 27 anos que já tiraram o
útero”, comenta.
Em casos de diagnósticos
positivos após o exame, o
Posto de Saúde encaminha
o paciente para o AME (Am-
bulatório Medico de Especia-
lidades) para a realização de
outros exames. D.R.

Sest Senat inaugura nova unidade no dia 13


OSVALDO CRUZ


A microrregião de Adamantina
ganhará uma unidade do Sest Se-
nat (Serviço Social do Transporte
e o Serviço Nacional de Aprendi-
zagem do Transporte) na próxima
semana.
A nova estrutura, ampla e mo-


derna, está instalada em Osvaldo
Cruz, na alameda Vasco Pigozzi,
2.240 - Desmembramento São
Carlos. No local, os trabalhadores
do transporte passarão a contar
com os atendimentos oferecidos
pela instituição.

Com uma infraestrutura com-
pleta para a realização de cursos, a
nova unidade possui locais apro-
priados para profissionalização de
condutores do transporte.
A inauguração está marcada
para o dia 13, às 10h. D.R.
Free download pdf